PM PRENDE SUSPEITO DE HOMICÍDIO TENTADO NO BAIRRO SANTA RITA

1
995

A 136ª Cia de Polícia Militar de São João Nepomuceno agiu rápido e prendeu, em menos de 3 horas, o suspeito de ser o autor do homicídio tentado no bairro Santa Rita, na noite de ontem (8/06). Maxwel Marcelino Venâncio, de 23 anos, é morador do bairro e foi detido pela PM com a ajuda da mãe dele.

De acordo com o Boletim de Ocorrências da PM, testemunhas relataram que Carlos Eduardo Ferreira Pinheiro (Dudu) retornava da casa da ex-esposa quando foi abordado por um rapaz de bicicleta e touca na cabeça. Os relatos do BO dão conta de que a vítima tentou argumentar e, chamando pelo nome, pediu para que Maxwel não atirasse, pois eles se conheciam desde a criança e ele não queria morrer.

Maxwel, também conhecido como “Chamaco”, efetuou 3 disparos, que atingiram o braço, a cabeça e o celular da vítima. Maxwel foi libertado recentemente da cadeia de Bicas, onde estava preso e aguardava julgamento por um outra tentativa de homicídio. 

Celular vitima Santa Rita SJN

Quando abordado, o suspeito negou as acusações. Mesmo assim, recebeu voz de prisão da PM em flagrante delito e foi conduzido à delegacia da Polícia Civil em Juiz de Fora para prestar depoimento. O delegado ratificou o flagrante. A arma do crime ainda não foi encontrada.
A vítima, de 34 anos, ficou com uma das balas alojada na cabeça e foi transferida em estado grave para o HPS de Juiz de Fora.
Acesse a matéria sobre a tentativa de homicídio na Santa Rita.

1 comentário

  1. São João nep ta se tornando uma cidade muinto violenta q de a policia q não coloca fim nestas guangues. Q deus cuida do povo desta cidade maravilhosa.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Entre com seu nome por favor