Operário de SJN é campeão da Copa Regional Máster de futebol amador

0
570

Jogando em Piraúba, o Verdão do bairro São José foi derrotado pelo Social no tempo regulamentar pelo placar de 2 a 1. Mas, venceu na disputa por pênaltis por 4 a 3. Assim, conquistou o troféu José Jorge Ayupe Tamiozo – Campeonato de Máster-2017, organizado pela Liga de Futebol de São João Nepomuceno-MG.

.

O JOGO

Mesmo tendo vencido o primeiro jogo em casa e precisando apenas de um empate para conquistar o título, o Operário partiu com tudo pra cima do Social. Com 15 minutos de jogo, “Cachorro”, goleiro do Social, havia feito duas grandes defesas em chutes do artilheiro Wágner. Um deles “a queima roupa”.

A partir daí os anfitriões tomaram o controle da partida, buscando o gol a todo instante. Antes do término da primeira etapa, Rildo aproveitou cruzamento da direita e, de cabeça, abriu o placar. O primeiro tempo terminou assim.

Time do Social

Veio a segunda etapa e o panorama não mudou. O Social criava as melhores oportunidades e, aos 22 minutos, aumentou para 2×0. Somália recebeu livre na marca do pênalti e colocou no canto, sem chance para o goleiro Carlos.

Aos 37 minutos, Edinho aproveitou boa tabela com Luís Sérgio e diminuiu para o Operário (1×2). O Verdão ainda teve ótima chance com Cadanha, mas o excelente goleiro “Cachorro”, impediu o empate. Final do jogo Social 2×1 Operário.

Veja os gols e Assista os melhores momentos do tempo regulamentar:

Com este resultado, a decisão foi para as penalidades máximas. Na primeira série de 5 cobranças, pelo lado do Operário, João Júnior e Cássio não foram felizes nas cobranças. O mesmo aconteceu com Neném e Ronald, do Social.

Na segunda série, Alan converteu para o Verdão e Willian não marcou para o Social. Operário campeão!

Com boa arbitragem de Márcio Dias auxiliado por Haroldo de Souza e José Márcio Souza Dias
Trio Arbitragem

O Social jogou com “cachorro” no gol; Neném, Willian, Tzil e Batata; Zaquel, Fábio, Barata e Jackson (Ronald); Somália e Rildo (Joelson) Técnico: Sebastião Popota.

Operário: Carlos; Luís Sérgio, João Júnior, Rogério e Lélis; Robson, Marcelinho (Cássio Bililiu), Gustavo e Edinho; Wágner (Kadanha) e Alan. Técnico: Odair Nunes.

Texto, video e edição: Nei Medina

Logo Blog Nei Medina

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Entre com seu nome por favor