Operações em São João Nepomuceno são destaques em balanço da Polícia Civil

0
2506

As duas fases da operação “Rota 040” realizadas em São João Nepomuceno foram destaques no balanço da Polícia Civil das ações realizadas em 2017. A operação, que teve como foco o Bairro Santa Rita, prendeu 23 pessoas e teve dois menores apreendidos, além de drogas e outros materiais.

De acordo com o chefe do 4º Departamento de Polícia Civil de Juiz de Fora, Carlos Roberto da Silveira, o trabalho teve como objetivo coibir a criminalidade crescente na cidade e garantir a tranquilidade dos moradores.

“A cidade estava aterrorizada com uma crescente onda de violência, principalmente devido ao grande número de homicídios. A ação conjunta com PM conseguiu efetuar a prisão dos principais suspeitos e a desarticular quadrilhas e gangues da cidade, voltando a garantir a tranquilidade aos cidadãos de bem”, explicou.

O delegado destacou que a operação foi responsável por desmantelar a principal quadrilha de criminosos que atuavam no município. Ele ressaltou a diminuição no número de crimes violentos na cidade após a realização das duas fases da operação. Segundo o delegado, não aconteceram mais homicídios na cidade após a ação.

Na coletiva de imprensa, a chefia da 4º Departamento de Polícia Civil em Juiz de Fora (4º DEPPC), responsável pelas cidades da região, revelou que houve diminuição nos crimes na Zona da Mata após as operações articuladas em conjunto com a Polícia Militar. O delegado ressaltou que o serviço de inteligência foi importante na realização das operações.

Na primeira fase, realizada em setembro, nove pessoas foram presas, sendo seis homens e três mulheres. Na ocasião, o chefe da organização criminosa, de 27 anos, estava entre os presos, bem como a mãe dele, de 48 anos, a irmã, de 24, e a namorada, de 19. Os outros cinco integrantes, com idades de 20, 21, 25, 26 e 30 anos também foram presos.

Entre os materiais encontrados e apreendidos estão cerca de 1,5 Kg de cocaína pura, 23 pedras de crack, 51 pinos e sete papelotes de cocaína, além de 31 buchas de maconha. As drogas estavam enterradas e foram encontradas com o auxílio de cães farejadores.

Também foram apreendidas armas e munições. Foram duas pistolas, sendo uma semiautomática calibre 380 e uma 9 milímetros, e dois revólveres calibre 38. Além de 74 munições de diversos calibres, entre eles 380, 38, 32, 9 mm e 22.

Além das drogas e armamentos, também foram apreendidos um carro que foi roubado no Rio de Janeiro, uma balança de precisão, sistema completo de monitoramento por câmeras, 20 aparelhos celulares, relógios, roupas e máscaras e a quantia de R$ 850 em dinheiro.

Na segunda fase da operação, realizada em outubro, 14 pessoas foram presas e dois menores apreendidos.

Também foram localizadas sete barras e 17 buchas de maconha, uma pedra bruta e 38 pedras de crack, seis pinos com a droga, 90 papelotes de cocaína, uma pistola 9mm com carregador, um revólver calibre 22, uma espingarda de caça, um simulacro de pistola e 46 munições calibre 22.

Além de 23 munições calibre .380, 16 munições 9mm, cerca de R$ 10.305,00, dez aparelhos de telefone celular, cinco motocicletas e dois automóveis.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Entre com seu nome por favor