Eleições 2016: Entrevistas com os candidatos a Prefeitura de SJN

0
4417
Quatro grupos disputam o pleito para o executivo municipal

A campanha eleitoral 2016 chegou na reta final. O número de eleitores indecisos pode ser decisivo para eleger o próximo prefeito em 2 de outubro. Se esse o seu caso, se ainda não decidiu em quem votar ou tem dúvidas sobre o perfil de cada candidato e suas propostas, esse conteúdo é para você.

O Portal SJ Online realizou uma série de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de São João Nepomuceno para o próximo mandato (2017-2020). Foram feitas 2 perguntas específicas para cada candidato e outras 8 questões comuns, ou seja, as mesmas perguntas para os 4. Cada candidato teve até 2 minutos em média para responder como quisesse.

 

As entrevistas foram elaboradas, conduzidas e editadas pelo editor-chefe do portal, jornalista Diego Camilo. O resultado você confere agora, nos vídeos. Boa escolha!

Eleições 2016 – Confira a relação de candidatos a vereador em São João Nepomuceno

Ernandes (PSB – 40) – coligação “Renova São João” (PSB, PSL, PSD, PEN, PRTB, PMB, PTN e PDT)

1 – Você nunca ocupou cargo público nem político. O principal argumento da sua campanha é que irá usar a experiência na gestão de suas empresas para gerenciar a cidade. Gestão pública, entretanto, envolve variáveis muito diferentes das de mercado. Recursos financeiros escassos e dependência dos repasses Nacionais e Estaduais; quadro de mais de 1000 servidores e 26 mil munícipes/clientes; necessidade de articulação política; pressão social, além de uma série de outros fatores com os quais você nunca precisou lidar na iniciativa privada. Como você pretende superar esse “tempo de aprendizagem” e ainda conquistar avanços?

2 – O que o seu grupo de governo propõe em termos de gestão e planejamento? Existe uma estratégia central do seu governo para alcançar desenvolvimento. Quais são as principais metas e quando devem ser atingidas?

Dra. Edmea (PSDB – 45) – coligação “Experiência com Renovação” (PSDB, PV, PTC, PSDC)

1 – A candidata já governou a cidade por 2 vezes. Gostaria que comentasse brevemente sobre avanços obtidos nas suas administrações.

2 -Em uma  breve pesquisa pelo nome da candidata na internet (no Google), é possível encontrar processos contra a candidata e cargos de confiança da equipe da época de sua gestão. Inclusive por improbidade administrativa. Gostaria que nos informasse sobre esses processos e como conquistar a confiança do eleitor?

Célio (PMDB – 15) – coligação “Honestidade e Experiência” (PMDB,PMN,PP,PHS, PPS PTB, PROS, Solidariedade e Democratas)

1 – Em quais áreas o senhor acredita que o município avançou nos últimos 4 anos de mandato? E em quais áreas deixou a desejar, não cumprindo as metas?

2 – Além da experiência, o que mais você e seu grupo oferecem em termos de gestão e planejamento? Existe uma estratégia central do seu governo para alcançar desenvolvimento. Quais são as principais metas e quando devem ser atingidas?

Zé Carlim (PCdoB – 65) – coligação “Faça o Novo” (PCdoB, PRB, PRP, PSC, PT e PTdoB)

1 – Você nunca ocupou cargo público nem político. Como o Zé Carlim pretende superar a inexperiência e as dificuldades políticas para realizar uma gestão eficiente e inovadora em SJN?

2 – O que você e seu grupo oferecem em termos de gestão e planejamento? Existe uma estratégia central do seu governo para alcançar desenvolvimento. Quais são as principais metas e quando devem ser atingidas?

 

PERGUNTAS COMUNS SOBRE TEMAS ESTRATÉGICOS

#1 – Equipe de Governo: Todo gestor precisa de equipe. Quem são as pessoas que irão compor a equipe de trabalho, o primeiro escalão da prefeitura a partir de 2017 caso vença? Poderia nos antecipar nomes ou possíveis indicados aos cargos de confiança e secretarias?

#2 Saúde pública: Sabemos que, atualmente, o município investe quase 30% do orçamento na saúde. Pretende aumentar esse percentual?  Qual o plano para, aumentar a cobertura dos PSF’s, ampliar a capacidade de consultas e exames na Policlínica e nas UBS’s? Como pretende lidar com a questão do Hospital São João? E do PAM, que acaba absorvendo a demanda não atendida da rede municipal?

#3Educação: Na pasta da educação, são investidos outros 30% do orçamento municipal. Além de manter a operação do sistema municipal de ensino, qual a grande meta para o setor de educação, que também está com o orçamento apertado?

#4 – Saneamento Básico: Atualmente, a cidade descumpre a lei lançando esgoto cru a céu aberto, nos córregos e ribeirões. Como a senhora pretende lidar com a questão do esgoto? E qual a meta, a data, para ter um sistema de tratamento implementado, caso seja eleita?

#5Lixo e resíduos sólidos: A ordem do dia no mundo é a sustentabilidade. Em SJN não há sequer coleta seletiva. Muito menos qualquer tipo de separação ou reciclagem de materiais, ou matéria orgânica. Qual é a meta para a questão da coleta seletiva de lixo no município, que atualmente não existe? Fiscalizar a emissão de resíduos das empresas da cidade é uma prioridade? Como será feito? Qual é a meta?

#6Código de Posturas  – Fiscalizar e garantir o funcionamento do código de posturas em relação ao uso das calçadas como extensão dos estabelecimentos comerciais é uma prioridade? Qual o compromisso do grupo caso seja eleito?

#7 – Segurança: a segurança pública é responsabilidade do Estado de MG. Mas a Prefeitura pode e deve colaborar, auxiliando no custeio/estrutura e implementando sistemas de segurança próprios e ações que complementem  – ou auxiliem em escala o trabalho da PM e PC. Exemplo: Guarda municipal e Sistema de Câmeras – olho vivo – ferramentas utilizadas amplamente em diversas cidade. Como a candidata pretende atuar na questão da segurança? Onde vai conseguir a verba necessária realizar projetos nessa área?

#8Orçamento: SJN projeta um orçamento de pouco mais de R$ 46 milhões para 2017. R$ 25 milhões irão para folha de pagamento dos cerca de 1000 servidores públicos (1 para cada 26 habitantes). Existe ainda uma ação de precatórios que precisará ser paga da ordem de R$ 4 milhões. O que é possível esperar para no ano que vem? Quais são os planos para conseguir verba para realizar os projetos que a cidade precisa durante o mandato?

 

No dia 2 de outubro, priorize o seu direito de votar. Escolha consciente. Pense na cidade de um modo geral. Se melhorar para todo mundo, vai melhorar para você. Não troque o seu direito de viver em uma cidade bem cuidada, organizada, próspera, segura e desenvolvida.

 

Por Diego Camilo

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Entre com seu nome por favor