Desemprego cresce em São João Nepomuceno nos primeiros meses de 2017

0
2110

Apesar da retomada do saldo positivo de contratações no Brasil no mês de fevereiro, São João Nepomuceno segue com saldo negativo. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), 193 pessoas foram demitidas na cidade no mês de fevereiro e 127 contratadas, gerando um saldo negativo de 66.

Os dados publicados pelo Ministério do Trabalho e Emprego indicam que em fevereiro o país teve saldo positivo de 35.612 vagas. Esta é a primeira vez que há crescimento de mercado desde abril de 2015. Em São João Nepomuceno, no entanto, o saldo continua negativo. O principal setor de desligamentos foi o de indústria de transformação (50), seguida pelo comércio (12).

Ainda segundo informações do CAGED, o saldo dos dois primeiros meses de 2017 é negativo em 33. O valor apresenta um crescimento no desemprego em São João Nepomuceno se comparado com o mesmo período do ano passado, quando número de contratações foi superior ao de demissões em 57.

Ao todo, 312 pessoas foram demitidas na cidade nos meses de janeiro e fevereiro deste ano. O saldo, se comparado ao mesmo período do ano anterior, é de 90 pessoas a mais que estão desempregadas.

O Portal SJ Online entrou em contato com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Jairo Nogueira, que afirma que esta onda de desemprego foi agravada entre os meses de setembro e outubro de 2016, com empresas desempregando funcionários em confecções e indústrias.

“Esta é uma questão que observamos desde a nossa entrada ao governo em janeiro. Vale lembrar que desde o 2º semestre de 2016, um aumento do desemprego na cidade, tendo algumas grandes empresas desempregando centenas de funcionários em confecções e lavanderia, isso por volta de setembro-outubro”, relata o Secretário.

Os números do CAGED, no entanto, demonstram um saldo positivo entre os meses de setembro e outubro de 2016, com variação indicando 43 contratações a mais do que demissões. O número total de desligamentos neste período foi de 317 e o de admissões foi 360. Porém, em dezembro, houve um grande salto nos números de demissões com um saldo negativo de 215.

Em relação às medidas que estão sendo tomadas pela Prefeitura na busca por mais empregos na cidade, o Secretário Jairo revela que está sendo feita uma aproximação com empresários, associações e sindicatos, com o objetivo de estabelecer parcerias em prol do desenvolvimento, estimulando assim o empresariado a contratar mais funcionários, gerando emprego e renda.

“Uma nova empresa já fez aquisições de novos terrenos em nossa cidade, para iniciar a construção de um prédio próprio e o começo de suas atividades, onde teríamos 150 novos empregos (iniciais), podendo aumentar. E ainda analisando os dados, constamos que foram abertas 28 empresas no mês de janeiro de 2017, contra 20 do mesmo período do ano passado”, destacou.

Região

As cidades da região apresentaram saldo positivo no balanço entre contratações e demissões entre os dois primeiros meses de 2017. Descoberto apresenta saldo de 13, Bicas 32 e Rio Novo 3. O saldo é pequeno, mas já demonstra um início de recuperação no número de empregos, seguindo a tendência nacional.

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Entre com seu nome por favor