Começa a vencer o prazo para pagamento da 2ª parcela do IPVA em MG

0
1011

O prazo para o pagamento da 2ª parcela do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2018 começa a vencer nesta quinta-feira (15/02) em Minas Gerais. Os proprietários de veículos com placas de finais 1 e 2 devem efetuar o pagamento nesta quinta.

Na sexta-feira (16/02), vence o prazo para os veículos com placas de finais 3 e 4. Os prazos não contam sábado e domingo, portanto, os prazos continuam a partir da próxima segunda-feira (19/02). Confira a tabela completa abaixo:

Para 2019, a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) anunciou que haverá um desconto extra, automático, de 3%, para quem estiver em dia com o IPVA, taxas e eventuais multas do exercício de 2017, além de pagar dentro do prazo todos os tributos de 2018 referentes à posse do veículo.

Pagamento

O pagamento do IPVA 2018 pode ser realizado diretamente nos terminais de autoatendimento ou guichês dos agentes arrecadadores autorizados – Bradesco, Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas, Mais BB, Banco Postal, Santander e SICOOB. Basta informar o número do RENAVAM do veículo.

A emissão da guia de arrecadação do IPVA 2018 também poderá ser feita pelo site da SEF (www.fazenda.mg.gov.br), nas Repartições Fazendárias ou nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI).

Multa

O não pagamento do IPVA nos prazos estabelecidos gera multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia), e de 20% após o 30º dia. Os juros são calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas, acrescido da multa, pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custodia (Selic).

 Taxa de Licenciamento

O valor da Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículo (TRLAV) será de R$ 92,66 mesmo valor do ano de 2017. O vencimento da TRLAV será no dia 2 de abril diretamente nos terminais de autoatendimento ou guichês dos agentes arrecadadores autorizados.

Para a TRLAV, a multa por atraso é de 0,15% ao dia (até o 30º dia), 9% do 31º até o 60º e 12% a partir do 61º dia. Os juros também são calculados pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custodia (SELIC).

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Entre com seu nome por favor